sexta-feira, 13 de junho de 2008

Readersdigestiana II

A impaciência é a arma da inconseqüência.

Zé.

2 comentários:

Ale Peixoto disse...

Acredito então estar duplamente armada. E pelo visto sai tudo pela culatra.

Ana Barros disse...

A inconstância é a arma do poeta